Entenda como as seguradoras determinam o valor do seguro para automóveis

Dica do Mercado

É literalmente um interrogatório quando vamos orçar o valor do seguro. Não é?

Você é mulher ou homem? Qual é a sua idade? Tem garagem? Vai usar o carro todos os dias? Qual é o CEP da residência? Etc …

Mas convenhamos… até há alguma razão para esse monte perguntas, que nos fazem para calcular o preço do seguro do nosso carrinho!

Se põe no lugar da empresa que você tá negociando o seguro… e olha esse cenário:

∞ Os números de roubos e furtos de automóveis não para de subir nas grandes capitais.

∞ O índice de recuperação de carros é baixíssimo, na grande maioria dos estados não chega nem aos 50%. Em países com mais eficiência na investigação por parte dos órgãos competentes, o índice pode chegar a 85%.

∞ A impaciência, brutalidade e a letalidade com que se dirige hoje dia também pesam bastante.

Roubo de carros

Números de roubo de carros não para de crescer no país.


Me diz… como uma empresa consegue oferecer um valor bom para a apólice do seu carro?

É impossível!

Não quero e nem pretendo defender as seguradoras, mas no mínimo realistas precisamos ser.

Fatores que são analisados para definir o valor do seguro de um veículo.

O veículo que vai ser segurado –

O principal para o calcular o seguro é logicamente o veículo que vai ser segurado.

Nitidamente há modelos de carros com mais ocorrências de roubo e furto, e isso é levado em consideração pelas seguradoras. Mensalmente a SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) divulga um balanço altamente detalhado, com os modelos de carros mais roubados no Brasil e também por estado.

As segurados ficam sempre atentas as esse índice, mas elas também tem seus próprios índices e estatísticas. Pode ser que o modelo do seu carro na Seguradora X, tenha mais sinistros do que a Seguradora Y e consequentemente isso acarretará um seguro mais caro para você. Por isso é altamente recomendável que orce o seguro em no mínimo três empresas.

(Fizemos um post recente com os dez carros mais roubados no Brasil. Se quiser da uma olhada na lista – Clica Aqui)

Voyage 2017

O que tem de bonito tem de índice de roubo. Se você tem um Voyage faça um seguro, porque é um dos modelos mais roubados no Brasil.


Seu perfil é o 2º ponto mais importante na cotação de um seguro auto –

Você é homem? Ou Mulher?

Qual a idade? Já passou dos 35? Tem menos que 25?

É casado? Solteiro?

Quanto tempo tem de carteira de motorista? Tem muitas multas na carteira? Já teve sinistro num outro seguro?

Ufaaa!! Quantas perguntas que nos fazem, não é?? E essas são só algumas!

Mas é isso mesmo, seu perfil junto com o modelo do carro, montam 70% do valor da apólice.

Fique sabendo que se você for Homem seu seguro já será automaticamente mais caro do que o seguro para uma Mulher. Por que? Porque as seguradoras entendem que homens são mais suscetíveis a sinistros, por andarem mais rápido, se arriscarem mais e não evitarem tanto as situações de risco como as mulheres.

Ser jovem, homem, solteiro…

Hiiii!! É sinal que o valor do seguro será bem alto em qualquer seguradora que você orce.

Isso acontece porque as empresas fazem uma conta da probabilidade de ocorrer sinistros. Logicamente que pessoas mais jovens independente se é homem ou mulher, estão mais expostos a riscos.

Como é normal da idade, andam em horários noturnos mais críticos como de madrugada. Estão mais propensos a estarem em locais de risco e com alto índices de roubo, além de, em muitos casos terem a carteira de motorista à pouco tempo.

Seu perfil

Seu perfil é altamente impactante no valor de seguro para carros.


Só com o passar dos anos que o seu perfil passará a jogar a seu favor!!

É claro que adultos homem ou mulher, com mais de 35 anos, casados e com bom tempo de carteira terão um seguro muito mais barato do que um perfil oposto. Há cotações que essa variação fica 100% mais cara, ou seja, se o seu perfil é bom, o seguro por exemplo é R$2,800,00 para um modelo X de carro.

Agora, esse mesmo modelo mas para um seguro de perfil alto risco, como o de jovens, poderá chegar a R$5,600,00! Incrível né? Mas é verdade!

A localização do trabalho e da residência influenciam o cálculo do preço do seguro de veículos –

A famosa pergunta que sempre ouvimos…

Qual é o seu CEP? E o CEP do trabalho?

Isso é para saber onde você mora e trabalha.

Seguradoras cruzam várias estatísticas, como o índice da SUSEP de modelos mais roubados, os índices internos que cada seguradora tem e verificam também mapas ou manchas criminais de cidades e bairros.

Essas informações eles obtêm em secretárias de segurança pública, que divulgam regularmente locais onde ocorrem mais roubos e furtos de veículos.

Se o CEP da sua residência tem um alto índice de roubos e furtos… já era!! O seguro do seu carro vai ser mais caro, do que uma pessoa que tenha um CEP de residência com menos ocorrência de roubos.

Isso serve para o seu trabalho também, desde que você utilize o carro para ir ao trabalho.

Uso diário do carro –

Tem gente que tem carro e só usa em finais de semana. Outras pessoas usam diariamente e por aí vai.

Por isso tem essa pergunta, quanto mais uso do carro maior será o risco de um acidente, atropelamento, roubo e etc. E quanto maior esse risco maior será o valor do seguro.

Veículos que tem uso estritamente comercial, como por exemplo um carro ou caminhão de entregas, tem o seguro bem alto por terem um uso muito intenso todos os dias.

Você tem garagem? Ou o carro “dorme” na rua?

Ehhehehehehe… Essa pergunta também é clássica nas cotações de seguro!

Não há nem muito o que explicar aqui…

Carro que fica o tempo todo na rua, tem muito mais chance de ter alguma ocorrência, do que o veículo que passa grande parte do dia na garagem.

Isso serve para o garagem no trabalho também.

Por último, qual é a cobertura do seguro que você vai contratar –

Isso não é muito explicado pelos seguradoras e corretores de seguro. Porque eles querem sempre vender a cobertura mais cara e mais completa, mas que nem sempre é a ideal para seu uso.

Saiba que existem várias modalidades e abrangências de contratar um seguro. Como é um tópico muito grande vou desenvolve-lo melhor num próximo post 😉

Mas por agora vou me atentar as coberturas mais comuns.

O que todo mundo pensa quando fala em fazer o seguro de um carro, é a cobertura para roubo, furto, acidentes, atropelamentos e panes mecânica e elétrica. Há também coberturas para incêndios, ressaca do mar, granizo, enchentes e etc.

Mas o de praxe são as primeiras que comentei.

como é calculado o valor do seguro de carros

O tamanho da cobertura da sua apólice afeta diretamente o valor do seu seguro. Fique de olho nisso e veja se você não está pagando por coisas que nunca vá usar.


Vou dar meu próprio exemplo de possibilidades de abrangências de acordo com o carro.

Eu tenho um Peugeot 206 1.6 2001 para uso diário. Como vocês podem perceber ele é um carro bem velhinho e um modelo que já está fora de linha a muito tempo.

Daí eu pensei.. Qual a probabilidade de ter meu carro roubado ou furtado? Zero. Não há mais índice de roubo ou furto desse carro.

Notem meu amigos… isso não quer dizer que ele não seja mais roubado. Quer dizer que há tão poucas ocorrências, que os dados gerados são insuficientes para fazer uma estatística.

Mas mesmo assim queria um seguro para cobrir outras coisas, como por exemplo:

⇒ Acidentes

⇒ Panes mecânica

⇒ Atropelamentos

⇒ Danos materiais

⇒ Danos a terceiros

Notem que optei por não colocar a cobertura para roubo e furto, que é o que mais encarece o valor do seguro.

O que fiz então?

Solicitei a cotação do seguro com essas coberturas e algumas outras que vem automaticamente, mas frisei que não queria a cobertura de roubo e furto, visto que meu carro é muito pouco visado.

Concluindo…

Consegui fazer o seguro por um valor muito em conta na faixa de R$700,00 por ano, sem a cobertura de roubo e furto, mas que me atendia em cheio. Se fosse contratar um seguro completo desembolsaria algo em torno de R$1.600,00.

Pagaria por algo que muito provavelmente nunca usaria.

É isso pessoal!

Consegui dar uma luz para você que queira saber como é calculado o valor do seguro de carros? Espero que sim, qualquer coisa deixa uma mensagem mais abaixo que responderei.

Um abraço a todos!


Quem leu esse post também se interessou por esses:

Confira os 10 carros mais roubados no Brasil

Aprenda a avaliar um carro como profissional

Novo Honda Civic 2017 dividi opiniões


MercadoAvalia é o único site no Brasil feito por profissionais do mercado automobilístico.

Quer se cadastrar em nosso Blog e receber em primeira mão nossas matérias, dicas e segredos do mercado?

Cadastre-se no canto superior direito da página. É 100% Grátis e fique tranquilo que não vamos lhe importunar com e-mails desnecessários!

Deixe seu comentário abaixo 😉

Confira esses posts também

Use a tabela Fipe Carros para ter uma ideia de val... Tabela Fipe carros, não use somente ela para definir o valor. Quer realmente saber o valor de venda do seu carro? Leia nossa dica abaixo! É rapidinho...
Confira os 10 carros mais roubados no Brasil "Hoje em dia não da para dar mole". Essa foi a frase de um grande amigo e policial militar no Rio de Janeiro. E isso é a verdade que vemos todos os...