Uma geração sem carro

Dica do Mercado

Existe vida sem carro?

Aahahahaha… Calma, calma! Estou sendo muito polêmico, eu sei.

Mas quem não conhece alguém que tinha um carro e vendeu? E desistiu de comprar outro?

Ou gente que nem sequer dirigiu um carro na vida?

Eu conheço muita gente próxima que abriu mão literalmente de carro, e toca a vida numa boa usando aplicativos de transporte, seja publico ou privado. Ou montado em cima de uma bicicleta!

Pesquisas recentes entre pessoas de 18 a 34 anos, apontam uma geração totalmente voltada para o não uso de carro próprio. Preferindo outras alternativas de locomoção, como caminhada, bicicleta, transporte público, uso compartilhado de carro ou sistemas de carona.

Cenário caótico, desafiador e sustentabilidade ambiental desestimulam aquisição do carro próprio.

Quanta e quantas vezes já nos estressamos ao volante do nosso carro. Na grande maioria das vezes por coisas bobas e sem importância, mas em alguns casos gera tragédias, como discussões pesadas, brigas e mortes.

Tenho alguns amigos que “deram um tempo no uso do carro” por motivos de segurança e tensão constante. E relatam que passaram a usar o já saturado transporte público, na grande maioria das capitais, e o sistemas de caronas. Uns se dizem satisfeitos, outros sentem muito a falta da liberdade que o carro proporciona, mas estão levando a vida.

Acho que, quem já tem um carro e decida partir para uma vida sem um, é um baque muito maior do que a pessoa que nunca quis ter. A final, um carro na garagem parado a nossa disposição é um privilégio e liberdade para ir onde quiser a hora que quiser.

Sustentabilidade e tecnologias limpas, são o futuro do nosso planeta!

Um carro a menos

Sustentabilidade é tudo que outras gerações ignoraram e que cada vez mais ganha mais adeptos.


A tendência é tão grande para as questões de sustentabilidade, que todas as grandes montadoras de automóveis mantém divisões, caríssimas, de estudo e desenvolvimento de tecnologias limpas com menos impacto ambiental.

Há tanta inovação chegando por aí, que é melhor irmos nos preparando.

Desde do carro híbrido que é o carro que trabalha com duas ou mais formas de combustível, passando pelo já famoso carro elétrico. Enfim, chegando ao pneu e asfalto inteligente, que gera energia elétrica através do atrito entre eles, podendo iluminar postes públicos, por exemplo.

(Você sabe como funciona um carro Híbrido? Escrevemos um post com um explicação resumida e fácil. Dá uma lida aqui)

Deixa claro que não é só uma geração que está abrindo mão do carro, mas sim uma mudança de pensamento, de ideologia, de todo sistema produtivo.

Mudar, inovar e evoluir com consciência – São os lemas das novas gerações.

Explosão de aplicativos e sistemas de integração com o transporte público, motivam o desapego ao carro.

O surgimento de aplicativos com integração ao transporte público. Sistemas on line de compartilhamento, locação e caronas de veículos, impulsionam ainda mais esse desapego ao carro próprio.

Moovit

Moovit é um dos apps mais utilizados para monitoração do transporte público no país.


Hoje em dia existem aplicativos integrados com o transporte público (metrô, ônibus, trens e etc). Que tentam dar o exato momento que o seu ônibus vai passar no ponto, ou dizem qual transporte será mais rápido para chegar ao destino desejado.

O Moovit é um exemplo desses aplicativos, famoso no mundo todo e aqui no Brasil também.

Sistemas de caronas coletivas são a nova tendência para locomoção compartilhada.

Nos sistemas de caronas coletivas, é possível dividir o custo de uma viagem ou do trajeto casa/trabalho e trabalho/casa. O Blablacar e o Bynd são bem conhecidos.

Não há como não comentar o famoso aplicativo de transporte privado, o Uber e aplicativos de integração de táxi como o Easytaxi. Que transformaram o sistema de transportes e foram grandes propulsores desse onda de compartilhamento de veículos.


É isso meus amigos, as cartas já estão na mesa!

Como ficará nosso transporte ao final desse século? Há nitidamente um movimento pró sustentabilidade e uso compartilhado das coisas e com veículos não é diferente.

E você?

Já pensou em compartilhar seu carro? Ou já fez uso de algum carro compartilhado?

Porque não alugar o seu carro que fica parado na garagem dias e dias? Porque não deixar de usar seu carro particular?

Um abraço!


Quem leu esse post também se interessou por esses:

Carros velhinhos vendem muito bem sim!!!

Como negociar o preço de um veículo. Não perca mais dinheiro!

Aprenda a tirar boas fotos do seu carro

Nosso primeiro carro nunca esquecemos!


MercadoAvalia é o único site no Brasil feito por profissionais do mercado automobilístico.

Deixe seu comentário abaixo 😉

Tags: