Como quitar o financiamento de veículos para vender ou comprar

Dica do Mercado

Vai vender ou comprar um carro com financiamento em aberto? Veja como quitar financiamento de veículos sem dor de cabeça para não perder o negócio.

Você sabia…

Que tem muita gente quando sabe que o carro tem financiamento em aberto, desiste do negócio!? Sem nem antes tentar sondar qual é o tipo de financiamento e as condições de quitação?

Falou que tem financiamento em aberto muito comprador torce o nariz.

Muitos proprietários tem vontade de quitar o financiamento do carro antes de vender, mas na maioria das vezes não tem o dinheiro suficiente e acaba deixando para fazer a quitação quando vender o carro.

Quitar financiamento de veículos não difícil.

Se você é o dono de um carro com financiamento em aberto e pretende vender, se antecipe a rejeição do comprador. Sonde as condições de quitação do Banco e não perca a venda. Continue lendo nossas dicas e fique por dentro do trâmite burocrático da quitação.

Se você é um comprador, não desista de um carro porque tem um financiamento em aberto! Leia nossas dicas também, e compre o carro com segurança, sem margem para erro e dor de cabeça no futuro!

Fique tranquilo…

Saiba que mais de 80% dos carros comercializados no país tem algum tipo de financiamento. Muito provável, um dia você vai se deparar com uma quitação de financiamento, ainda mais se você prefere comprar carros usados.

Nós somos especialistas em compra e venda de carros e trabalhamos durante anos nas maiores concessionárias do país, falamos com autoridade do assunto.

(Conheça mais sobre o autor Luiz Fernando, que vendeu mais de 2 mil veículos em anos de mercado. Clicando aqui)

Confira agora um passo a passo muito simples e eficiente de como quitar o financiamento de um veículo.

1º Descubra qual é a modalidade de financiamento olhando o documento do carro.

(Dica do Mercado: CRLV é – Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, ou seja é o documento que você usa para rodar com o carro)

Exemplo de um CRLV

Exemplo de um CRLV


Se atente para a modalidade do financiamento, os mais usados são: CDC, Leasing ou Consórcio.

(Quer conhecer mais sobre cada tipo de financiamento? Escrevemos um post detalhando cada tipo mais usado. Clique aqui)

Observe no documento, que, se estiver no nome do Banco o financiamento é um Leasing.

Se estiver no nome do proprietário, mas com a informação da alienação bancária no último campo do documento, é um CDC ou Consórcio.

(Dica do Mercado – o último campo de preenchimento do CRLV é o campo OBSERVAÇÕES)

Para quitar o financiamento do veículo:

Se for CDC ou Consórcio são os mais fáceis de lidar.

A quitação costuma ter um bom abatimento dos juros. A transferência de propriedade para o comprador é feita somente com o preenchimento do documento de compra e venda (Dut recibo ou CRV) e o pagamento do DUDA da taxa da baixa de alienação.

(Dica do Mercado – Dut recibo é a abreviação de Documento Único de Transferência – e CRV é Certificado de Registro de Veículos)

(Dica do Mercado – DUDA é a abreviação de Documento Único do DETRAN de Arrecadação e é retirado no Banco Bradesco nesse link )

Quando for Leasing, a transferência de propriedade é mais chata e demorada.

Na grande maioria dos bancos, o proprietário precisa preencher um documento com os dados do novo proprietário. E enviar para uma central do banco, junto com o documento de compra e venda do veículo (Dut recibo ou CRV).

Geralmente demora entre 7 a 10 dias para o banco devolver o CRV do carro preenchido no nome do novo proprietário.

Lembre-se que no Leasing, se você for passar primeiro o carro para o seu nome e depois para o nome do comprador. Há o pagamento do DUDA da transferência de propriedade, do banco para você. Além de, logicamente, o DUDA da baixa de alienação que é de praxe para todos os financiamentos.

CRV ou Dut-Recibo de um carro

Exemplo de um CRV ou Dut-Recibo de um carro – Frente e verso


2º Entre em contato com o Banco e veja as regras para quitação do financiamento.

Solicite o valor de quitação do contrato, bem como o boleto para pagamento. Dessa forma você saberá exatamente quais serão as possibilidades e valores atualizados de pagamento.

Se for financiamento em Leasing veja esses detalhes: 

→ Qual é a documentação necessária para preencher e passar o carro pro seu nome ou do novo proprietário.

→ Para onde você tem que enviar a documentação preenchida.

→ Tempo que demorará para eles retornarem a documentação pronta.

→ Veja quais DUDA´s você tem que pagar. (Se é o de baixa de alienação e/ou transferência de propriedade)

(Dica do mercado): é certo que a baixa da alienação você vai pagar para todas as modalidades financiamento. No Leasing, como haverá mudança na propriedade do veículo – ele passará a ser seu ou do futuro comprador – é necessário o DUDA de transferência de propriedade. Confirme com o banco quem pagará esse DUDA, você, o futuro proprietário ou o próprio banco.

Entre em contato

Ligar para o Banco e pegar as condições de quitação é importante.


Se for financiamento em  CDC ou consórcio, veja isso:

→ Veja qual é o procedimento para baixar o GRAVAME no Detran.

(Dica do mercado): alguns bancos fazem isso automaticamente após a quitação do financiamento, outros pedem que o proprietário ligue para solicitar a baixa.

→ Pergunte também quanto tempo demora para efetivar essa baixa.

(Dica do Mercado – GRAVAME é o Sistema Nacional de Gravames (SNG), onde é possível gerenciar e controlar as restrições financeiras sobre os veículos)

Dicas para quem vai de comprar um carro com financiamento em aberto.

Pode ser que você consiga barganhar um melhor valor com o proprietário, por causa do financiamento em aberto, mas isso não é uma regra.

Lembre-se, se for um financiamento em Leasing, o carro só será seu, legalmente, quando o Banco enviar a documentação da quitação preenchida, dando posse do carro à você. Com essa documentação em mãos você deve ir ao Detran da sua cidade e providenciar a transferência de propriedade.

Um detalhe muito importante que muitas pessoas não sabem…

Quando for fazer a transferência de propriedade do veículo no Detran, o financiamento precisa estar com o Gravame baixado no sistema do Detran. Isso quem faz é o banco após a quitação do financiamento. Em alguns bancos você ou o proprietário precisa ligar para solicitar essa baixa.

Se liga nisso…

Tentar fazer a transferência de propriedade sem ter essa baixa não é possível. Ok?

Meus amigos, isso é o resumo de dicas essenciais para poder fazer a quitação do financiamento, do seu carro ou futuro carro sem dor de cabeça.

Mas se ainda ficou com alguma dúvida? Deixe uma mensagem que tentamos te ajudar!


Quem leu esse post também se interessou por esses:

Tipos de financiamento de veículos e as principais diferenças.

Como negociar o preço de um veículo. Não perca mais dinheiro!

Nosso primeiro carro nunca esquecemos!


MercadoAvalia é o único site no Brasil feito por profissionais do mercado automobilístico.

Deixe seu comentário abaixo

Tags: